31 de ago de 2014

30 de ago de 2014

HAWAII - 32º OKINAWAN FESTIVAL DO HAWAII

30 e 31 de agosto de 2014 

Kapiolani Park - Honolulu - Hawaii

A HUOA (Hawaii United Okinawa Association) promoveu nos dias 30 e 31 de agosto, a tradicional festa da comunidade Okinawana do Hawaii.
Mais informações no site: www.okinawanfestival.com
Sobre a HUOA acesse: www.huoa.org




29 de ago de 2014

PROFESSORES DA FACULDADE DE ENFERMAGEM DE OKINAWA (沖縄県立看護大学) FAZEM DOAÇÃO À AOKB-CCOB

29 de agosto de 2014
AOKB
 - Rua Dr. Tomaz de Lima, 72 - Liberdade - São Paulo - SP

Akiko Ikehara, Eiki Shimabukuro, João Mezashi e Akeo Yogui

O professor Sakugawa Masakichi da Faculdade de Enfermagem da Província de Okinawa (沖縄県立看護大学 老年保健看護 准教授 佐久川 政吉), em visita ao Brasil, ofereceu doação (寄付) à AOKB-CCOB, recebida por Akeo Yogui.
Na foto, Akeo Yogui entrega a doação para João Mezashi, Eiki Shimabukuro e Akiko Ikehara.

28 de ago de 2014

PROFESSOR DA KOKUGAKUIN UNIVERSITY PROMOVE CURSO DE CULTURA DE OKINAWA NA USP

Quinta-feira, 28 de agosto de 2014
AOKB - Rua Dr. Tomaz de Lima, 72 – 2º and. - Liberdade – S. Paulo

Yoshio Watanabe, professor doutor da Faculty of Letters da Kokugakuin University de Tóquio visitou a AOKB com o professor doutor Koichi Mori do Departamento de Letras Orientais da Universidade de São Paulo para comunicar a realização de curso sobre Cultura de Okinawa no Contexto Mundial, proferida em Japonês, na Casa de Cultura Japonesa da Universidade de São Paulo. O curso conta 8 créditos e faz parte do Programa de Língua, Literatura e Cultura Japonesa da área de pós-graduação do Departamento de Letras Orientais da FFLCH da USP. Aulas nos dias 04/08, 12/8, 19/08 e 09/09 das 14h00 às 18h00.

Professor Dr. Yoshio Watanabe
Professor Dr. Koichi Mori 
Capa do livro do Prof. Dr. Yoshio Watanabe
Identificação do Livro do Prof. Dr. Yoshio Watanabe

25 de ago de 2014

CHARLES CHIBANA escalado para o MUNDIAL DE JUDÔ de 2014 em CHELYABINSK na RÚSSIA

25 a 31 de agosto de 2014 
Trakto Ice Arena - Chelyabinsk - Rússia

Charles Chibana, descendente de Okinawanos, sobrinho de um dos vice-presidentes da AOKB-CCOB, Rui Chibana, é escalado para a seleção brasileira de judô, entre 12 atletas cabeças-de-chave, para o Campeonato Mundial de Chelyabinsk 2014.
Charles Chibana

Atletas escalados para o Mundial de Chelyiabinsk - 2014
(*) fotos obtidas do site www.charles.chibana.com.br

22 de ago de 2014

REITOR DA RYUKYU DAIGAKU VISITA A AOKB

Sexta-feira, 22 de agosto de 2014
AOKB - Rua Dr. Tomaz de Lima, 72 – 2º and. - Liberdade – S. Paulo

O Reitor da Universidade de Ryukyu, Prof. Dr. Hajime Oshiro vistou a Associação Okinawa Kenjin do Brasil e almoçou com membros da diretoria e administração da AOKB-CCOB.

O pessoal do Urizun levou o professor para um divertido passeio no Museu do Futebol no estádio do Pacaembu.
na entrada do museu do Futebol

jogando pebolim

na porta que se abre para o estádio
Fotos: cortesia de Takayuki Kato e Felipe Shiroma.

20 de ago de 2014

TEATRO NACIONAL DE OKINAWA em SÃO PAULO

Quarta-Feira, 20 de agosto de 2014 - 20h 
Teatro Gazeta - Av. Paulista, 900 - Bela Vista - São Paulo - SP

Ingressos esgotados!

A Fundação Japão e o Teatro Nacional de Okinawa agradecem o grande interesse do público para o espetáculo Danças e Canções de Okinawa – Novos Ares de Ryukyu. Todos os ingressos para o evento, que acontece em 20 de agosto, no Teatro Gazeta, foram esgotados já no primeiro dia em que foram colocados à disposição do público.

Àqueles que não conseguiram os ingressos, a Fundação Japão adianta que já trabalha na organização de novos eventos que possam aproximar a população das diversas expressões da cultura japonesa. Certos de sua compreensão, esperamos encontrá-los em breve!

publicado pela Fundação Japão

Colaboração de Aurora Nakati

A Fundação Japão e o Teatro Nacional de Okinawa trazem para São Paulo o espetáculo de Kumiodori "Danças e Canções de Okinawa – Novos Ares de Ryukyu", dirigido pelo mestre Michihiko Kakazu.

A Fundação Japão informa no seu site que os ingressos (até dois por pessoa) poderão ser retirados a partir de 5 de agosto, na bilheteria do Teatro, de terça a domingo das 14h às 20h.
Depois da apresentação em São Paulo, o grupo segue para o Rio de Janeiro, e depois para apresentações na Bolívia, nas cidades de Santa Cruz de La Sierra e La Paz.
ver mais em: Fundação Japão: Teatro Nacional de Okinawa


Kumiodori é reconhecido pelo governo japonês como uma importante propriedade cultural intangível. Em 2010 foi inscrito na Lista Representativa do Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade da UNESCO. veja no site da Unesco

Mais informações sobre Kumiodori em:
kumiodori.jp (em japonês)
O que é Kumiodori (em inglês)


Fotos do evento (colaboração de Luci Júdice)




















Fotos do site da Fundação Japão:





19 de ago de 2014

WUB - 18ª CONFERÊNCIA INTERNACIONAL

19 e 20 de agosto de 2014 

Asociación Okinawense del Peru - Lima, Peru



   Na abertura da conferência discursaram o Sr. Kurayoshi Takara, vice-governador da província de Okinawa, o Sr. Tatsuya Kabutan, embaixador extraordinário do Japão no Peru, Sr. Francisco Okada, presidente da Associação Japonesa do Peru, o Sr. Robert Nakasone, fundador da WUB, o Sr. Oscar Nagamine, presidente da WUB, e o Sr. Luis Takehara, presidente da Asociación Okinawense del Peru (AOP) e da WUB-Peru.
   Estavam presentes a senadora de Okinawa, Sra. Aiko Shimajiri e o diretor presidente do grupo Kanehide, Sr. Morimasa Goya.
   Do Brasil participaram os ex-bolsistas da WUB, Michelle Taminato, Robson Hitoshi Takara e Liana Nakahodo, além de integrantes da WUB-Brasil, representada por seu presidente Kenji Oshiro e integrantes da AOKB-CCOB, representada por seu primeiro vice-presidente, Eiki Shimabukuro. O presidente Roberto Agarie representou a WUB-Argentina.



Link da WUB sobre o evento:
www.wubnw.org/hp/index.php

A seguir, mais fotos e a programação do evento:


17 de ago de 2014

60 ANOS DA IMIGRAÇÃO JAPONESA DE OKINAWA NA BOLÍVIA

16 a 17 de agosto de 2014
Associação Boliviana Japonesa de Okinawa - Colonia Okinawa 1 - Santa Cruz - Bolívia




Breve Histórico da Construção da Colônia OKINAWA - BOLÍVIA

A construção da Colônia Okinawa foi planejada principalmente por residentes de Okinawa de Riberalta, distrito de Beni, com a finalidade de ajudar a Província de Okinawa - Japão, que fora devastada na Segunda Guerra Mundial. Em novembro de 1948, foi fundada a "Associación de Ayuda a Ia Okinawa de Riberalta" para coletar contribuições para esta causa. Por meio desta atividade foram obtidas informações, vindas da capital La Paz e também dos imigrantes de Okinawa residentes nos Estados Unidos, sobre a situação em que se encontrava a terra natal.
Para resolver esta situação precária de Okinawa, eles concluem que há necessidade de imigração em massa para esta terra. Assim em 1950, dissolvem a Associação e fundam uma nova, a "Cooperativa Agrícola Uruma". Organizam uma equipe de pesquisas no distrito de Santa Cruz com a finalidade de escolher a terra adequada e ao mesmo tempo contatam e negociam com o Governo da Bolívia e Ryukyu (Okinawa). Em 1953 conseguem do Governo da Bolívia a concessão de cerca de 10.000 hectares de terras estatais em Santa Cruz.
Em 15 de Agosto 1954, vieram os primeiros 278 imigrantes de Okinawa do "Plano de Emigração do Governo de Ryukyu" para a nova "Colônia Uruma”. Um mês depois mais 127 imigrantes chegaram. Poucos meses depois de se estabelecerem, surgiu uma febre que custou 15 vítimas. Eles não tiveram outra alternativa a não ser ir para outro lugar e, em agosto de 1955, mudaram-se para Palometilla (80 km a Oeste da atual Colônia Okinawa). Todavia neste local tiveram problemas de posse de terra, até que finalmente se mudaram para Okinawa I, em Julho 1956.
Uma vez encontrada a terra para se estabelecerem, mais imigrantes começam a chegar, e assim em Setembro 1957 é construída Okinawa II, e posteriormente Okinawa III em 1963. Com o "Plano de Emigração do Governo de Ryukyu", desde seus primeiros imigrantes de 1954 até 1964, chegaram 678 famílias, num total de 3.229 imigrantes.
O caminho seguido depois de se estabelecerem não foi nada fácil. Sucessivas intempéries na região como inundações e secas fizeram muitos colonos se mudarem para a cidade de Santa Cruz ou para países vizinhos, como a Argentina e o Brasil. Nos anos 80, a onda de voltar ao Japão para trabalhar reduziu ainda mais o número de colonos. A partir dos anos 90, a introdução de máquinas pesadas para a agricultura em grande escala se firmou e a economia em prosperidade permitiu que os colonos se estabelecessem no local. Hoje, 60 anos depois que os primeiros imigrantes deram o primeiro passo, contam com 250 famílias de descendentes, cerca de 900 pessoas.
A Colônia Okinawa, fruto dos pioneiros de Okinawa e dos imigrantes que lutaram tenazmente, contribui atualmente para o progresso e desenvolvimento do país com seus produtos, e é considerada como exemplo de comunidade agrícola do Estado Plurinacional da Bolívia. Sendo uma região desenvolvida, chegam de várias partes do interior do país para trabalhar juntos neste ramo, que tem atualmente aproximadamente 14.000 habitantes.
O Governo da Bolívia, pela Lei de 06 de abril de 1998 decretou Okinawa como a Capital da Segunda Seção da Província de Warnes. É o único lugar no mundo que leva o nome de "Okinawa", além da província nativa do Japão e é um símbolo de orgulho e coragem dos imigrantes e seus descendentes por todo este tempo de radicação.
Em setembro de 2002, o Ministério da Agricultura nomeou Okinawa como a “Capital do Trigo da Bolívia” por sua importante e pioneira produção desse grão, introduzida pelo imigrantes do país do sol nascente.

Vídeo (Facebook) em Espanhol compartilhado por Anry Tsukayama sobre a imigração

Documentário (YouTube) em Japonês sobre a imigração de Okinawa na Bolívia

Fotos (YouTube) sobre a imigração japonesa de Okinawa na Bolívia

13 de ago de 2014

CENTENÁRIO DA IMIGRAÇÃO JAPONESA DE OKINAWA EM CAMPO GRANDE

13 a 14 de agosto de 2014
AOCG - Rua dos Barbosas, 110 79005-430 – Campo Grande – MS


O evento recebeu a visita do vice-governador da província de Okinawa, Sr. Kurayoshi Takara, do presidente da assembléia legislativa, Sr, Masaharu Kina, demais membros da assembléia, do prefeito da capital Naha, Sr. Takeshi Onaga, demais prefeitos de cidades da província, representantes da câmara de vereadores, comitiva da Associação Okinawa de Hawaii, representantes de associações da comunidade de Okinawa no Brasil, bem como do representante do governador de Mato Grosso do Sul André Puccinelli e do Prefeito de Campo Grande, Sr. Gilmar Olarte.

A agenda foi iniciada em 13 de agosto com visita oficial ao Governo de MS, seguida de almoço oferecido pelo Governo de Mato Grosso do Sul às delegações visitantes.
As comitivas visitaram ainda o Museu Dom Bosco e as obras do Aquário do Pantanal.
No início da noite, por volta das 18h, acompanharam a inauguração do Memorial do Centenário da Imigração Japonesa em Campo Grande.
Em seguida, participaram dos eventos: Centenário da Ferrovia e Festival do Soba, em jantar oferecido pela Feira Central.

No dia 14 de agosto, representantes das comitivas visitaram o Prefeito Municipal de Campo Grande. Em seguida as delegações visitantes foram recepcionadas em almoço oferecido pelo Prefeito.
À tarde participaram do I Encontro Mato Grosso do Sul e Okinawa, no salão da Associação Okinawa de Campo Grande, com mensagem de abertura do seu presidente Sr. Nilton Kiyoshi Shirado.
Os visitantes assistiram a apresentações sobre:
- Potencial Turístico de Mato Grosso do Sul
- Turismo em Okinawa 
- “Uchinanchu Taikai" (encontro mundial de descendentes de Okinawa)
- Encontro de descendentes e Prefeituras de Okinawa
Entre as apresentações, os visitantes circulavam pela exposição dos Painéis:
- Potencial Econômico e Turístico de Mato Grosso do Sul
- Saneamento, cidade de Corumbá um desafio para preservação dos recursos hídricos
- Painel sobre a história da Associação Okinawa de Campo Grande      
À noite, aconteceu a cerimônia oficial de comemoração dos 100 anos da Imigração Japonesa de Okinawa em Campo Grande, com discursos das autoridades visitantes de Okinawa, da Associação Okinawa de Hawaii, da Associação Okinawa Kenjin do Brasil e Centro Cultural Okinawa do Brasil e demais associações, em homenagem à Associação Okinawa de Campo Grande, representada pelo seu presidente Sr. Nilton Kiyoshi Shirado. A cerimônia foi ainda enriquecida com apresentações da cultura de Okinawa, como Koten, danças e Taiko.
Em seguida os visitantes foram convidados para o jantar de encerramento e confraternização.

Reportagem no portal G1 da Globo de Mato Grosso do Sul, sobre os 100 anos da imigração japonesa.
Nossos agradecimentos à Associação Okinawa de Vila Carrão por compartilhar este link.




12 de ago de 2014

JANTAR DE BOAS-VINDAS AOS DEPUTADOS DE OKINAWA

Terça-feira, 12 de agosto de 2014 - 18:30h 
Churrascaria Super Grill - Av. Morvan Dias Figueiredo, 3177 - Vila Maria - SP
















































    A comitiva composta por nove deputados e dois secretários da Assembleia Legislativa de Okinawa chegará ao Brasil no dia 12 de agosto de 2014, às 8h40, no Aeroporto Internacional de Cumbica (Guarulhos), onde serão recepcionados pelos diretores da Associação Okinawa Kenjin do Brasil e do Centro Cultural Okinawa do Brasil.
  Em São Paulo, visitarão o Consulado Geral do Japão, a Associação Okinawa Kenjin do Brasil, e, às 18h30, serão recepcionados no jantar de boas-vindas, na Churrascaria Super Grill*.
  Nos dias 13 e 14, participarão dos festejos em comemoração aos 100 anos da Imigração Okinawana em Campo Grande. E, no dia seguinte, partirão para a Bolívia, onde participarão da celebração dos 60 anos da Imigração Okinawana naquele país.

  A delegação é formada pelos deputados:
  • Kina Masaharu - presidente da  Assembleia Legislativa de Okinawa e Chefe da delegação (Nishihara-cho)
  • Yoshida Katsuhiro - subchefe da delegação (Kin-cho)
  • Arakaki Ryoshun (Kochinda-cho)
  • Shingaki Tetsuji (Itoman-shi)
  • Shimabukuro Dai (Tomishiro-shi)
  • Sakiyama Shiko (Naha-shi)
  • Nakamura Mio (Okinawa-shi) 
  • Zukeran Isao (Chatan-cho)
  • Toma Morio (Naha-shi)
  E pelos secretários da Assembleia:
  • Higa Norikazu
  • Tomori Michio

Informações: - AOKB (programação/comemorações): 3106-8823 

* O convite dá direito ao rodízio de carnes, buffet de saladas e massas, bebidas (refrigerante, água, suco e cerveja) e sobremesa. Estacionamento gratuito.